sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Os três macaquinhos


Os macaquinhos deram cria!!!! Lembra da história dos três macaquinhos que nada ouvem, nada falam e nada veem? Bem, em tempos de tecnologia, precisamos acrescentar mais um: nada escreve.
Você poderá achar que me refiro àquelas pessoas que bisbilhotam nas redes sociais, mas  nunca curtem, comentam, compartilham ou respondem a qualquer questionamento. Porém, o assunto é muito mais sério. Remeto-me ao sábio ditado que diz que a palavra é de prata e o silêncio é de ouro. Às vezes, comentar uma postagem ou responder a um e-mail pessimista ou agressivo, apenas fornece mais oxigênio para combustão. Melhor não ler nem em braile, nem tampouco responder. O tempo se encarrega de tudo e coloca tudo em seu lugar. Não é omissão, é estratégia. É diferente.
O mesmo vale para a disseminação de notícias falsas e maledicência. O poder das redes é muito maior do que imagina e enxerga nossa superficial inteligência, por isso, precisamos ser cuidadosos com o que postamos e, portanto, multiplicamos.
Ainda em relação às postagens, a baixa –estima também traz  muitas confusões pois, como bem definiu uma amiga, algumas pessoas acreditam que o mundo gira a sua volta e tudo é uma indireta para elas. Este sentimento gera problemas de relacionamento, brigas e confusões. Minha amiga define estas pessoas como Central Globo de Produções – tudo é produzido para atingi-las. Não há como evitar completamente, mas podemos ao menos tentar com discernimento e  uma dose de cautela.



4 comentários:

  1. Anna:

    Tem toda a razão. Os macaquinhos se multiplicaram
    muito, notadamente, em Brasília e infestam o Poder Executivo e Legislativo.
    O caso de maior notoriedade é do clone do macaquinho que habitou o Palácio da Alvorada até recentemente. Nada via, nada ouvia, nada falava e nada sabia do que ocorria ao seu lado.
    Quando os fatos escabrosos vinham à tona, denunciados pela mídia, mostrava-se indignado, dizia ter sido traído, nunca soube de absolutamente nada, etc...Ressucitou a época das "forças ocultas" conspirando diuturnamente!!!
    Tal como afirmou Nelson Rodrigues: "é preciso muito cinismo para que um casal chegue às bodas de prata", é igualmente necessário, em doses mais alentadas, muito cinismo, hipocrisia, dissimulação, desfaçatez, etc... para tanta canalhice e calhordice!!!

    Tudo leva a crer que a proliferação dos macaquinhos segue o seu curso em progressão geométrica, gerando forte desequilíbrio ecológico no Planalto Central.
    Para restabelecê-lo não seria recomendável promovermos o extermínio sumário de milhares de macaquinhos?
    Fica a sugestão.

    R.Floyd

    ResponderExcluir
  2. Caro Mr R. Floyd,
    Por mais que concorde com sua solução, vc não acha que as ONGs e Ministérios protetores do meio ambiente e da fauna e flora brasileira vão nos denunciar?? Poderemos ser acusados de bullying ou maus tratos mesmo.Obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir
  3. Anna:

    Ministérios e ONGs também estão infestados de "macacos-eu não sabia" que devem ser exterminados para evitar mal maior com a proliferação desenfreada.
    São insaciáveis e têm por hábito roubar. Tudo que estiver ao seu alcance. Merecem péssimos tratos.
    Assim, quando for deflagrada a "Operação Macaquinho", creio que vamos ser aplaudidos entusiásticamente sem nenhuma crítica pelo restabelecimento do equilíbrio ecológico.
    É a Solução Final!

    Um beijo/R.Floyd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um tanto radical, Mr Floyd, mas tentador.

      Excluir

Aguardo seus comentários.Eles são muito importantes para mim pois meu objetivo é aprofundar conhecimentos e esclarecer minhas próprias dúvidas.