terça-feira, 23 de outubro de 2012

Concentração - Parte 2


Por que é tão difícil manter a concentração? Será em virtude da tecnologia?
Segundo o psicólogo Gary Marcus da Universidade de Nova York, “para nosso ancestrais, o tipo de memória  que queremos ter agora, não era necessária.” Nosso cérebro foi moldado e treinado para ver tudo o que está a sua volta analisando os perigos em geral e não um ponto estático. Somente neste momento de nossa evolução, temos o conforto de não precisar mais dessa capacidade de visualização geral e de busca de recompensas imediatas. Porém, após milhares de anos sobrevivendo com a programação reptiliana, torna-se difícil mudá-la sem esforço.
Somos capazes de  acionar nosso neocórtex para cumprir tarefas como focar na leitura de um livro ou tomar  uma decisão a longo prazo; entretanto, precisamos lutar contra a parte mais primitiva do nosso ser. Por exemplo, algumas vezes, embora a educação alimentar nos ensine a fugir das frituras, a necessidade de buscar prazer rapidamente e saciar este desejo impera e ingerimos o chocolate ou a fritura. Da mesma forma, o que é mais atraente e prazeroso: sapear pelas redes sociais em busca da novidade ou estudar para a prova?
Fazer a escolha mais apropriada e racional exige uma luta contra nosso instinto primordial e, também, muito treino.
Por isso, recomendo aos pais e professores que ajudem seus filhos nesta tarefa de seleção e resistência aos instintos. Há hora para tudo e cabe aos pais determinar esses limites. Seguindo a mesma teoria da história da humanidade, não é por acaso   que o ser humano é o animal que continua dependente de seus pais por mais tempo. As crianças e adolescentes precisam dos pais por perto delimitando, instruindo e premiando. Mãos à obra.


Um oferecimento:








3 comentários:

  1. Querida Anna, Mais uma vez a parabenizo no blog, pois seus questionamentos e opinioes sao muito interessantes, e suas discussões super pertinentes com nossos problemas cotidianos.
    Eu acredito que toda a tecnologia e ocupações que nos ronda hoje acaba no ocupando demais para nos conectarmos com a nossa verdadeira essência. Fazendo nós olharmos muito para fora e pouco para dentro. Estamos ocupados demais para conversarmos conosco mesmo, nos entender, olhar a natureza e nos entender no mundo de hoje. E nossas mentes ficam muito bagunçadas com tantos afazeres. Acho que está na hora de repensarmos muitas coisas, pois estamos vendo que nosso dia a dia ocidental nao esta fazendo bem à nossa salde! Um grande Beijo Janaina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada!!!! Vc é sempre muito gentil!

      Excluir
  2. Querida Anna, Mais uma vez a parabenizo no blog, pois seus questionamentos e opinioes sao muito interessantes, e suas discussões super pertinentes com nossos problemas cotidianos.
    Eu acredito que toda a tecnologia e ocupações que nos ronda hoje acaba no ocupando demais para nos conectarmos com a nossa verdadeira essência. Fazendo nós olharmos muito para fora e pouco para dentro. Estamos ocupados demais para conversarmos conosco mesmo, nos entender, olhar a natureza e nos entender no mundo de hoje. E nossas mentes ficam muito bagunçadas com tantos afazeres. Acho que está na hora de repensarmos muitas coisas, pois estamos vendo que nosso dia a dia ocidental nao esta fazendo bem à nossa salde! Um grande Beijo Janaina

    ResponderExcluir

Aguardo seus comentários.Eles são muito importantes para mim pois meu objetivo é aprofundar conhecimentos e esclarecer minhas próprias dúvidas.