sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Aprendendo Matemática ou colecionando figurinhas?


Saber dizer os números em sequência não significa reconhecer seus símbolos ou saber contar.Certa vez, percebi que minha filha dizia os números, até contava, mas era incapaz de encontrar a página 28 do livro, por exemplo, por não saber que esta página localiza-se após o 27 e antes do 29. Parece incrível??Nem tanto. É até bem comum na pré-escola.
Para colaborar com  a aprendizagem, começamos a colecionar um álbum de figurinhas. A cada pacotinho comprado, ela tinha que encontrar o lugar correto do cromo recém- adquirido. Além disso, precisou se organizar para listar as figurinhas que faltavam e as que tinha para trocar. Foi um longo e divertido projeto familiar passeando pelo mundo dos números.
Neste processo, além de ter aprendido toda a história dos personagens Disney, aprendeu rudimentos de soma e subtração.
Hoje em dia, quando passo pelas praças e vejo a interação entre adultos, adolescentes e crianças, trocando figurinhas envoltos em uma nuvem de alegria e ajuda mútua, vejo que o projeto “Figurinhas” vai muito além de gastar tempo e dinheiro. É um investimento na democracia e socialização. Na verdade, é uma ferramenta para aprendizagem de matemática, cultura e valores. Definitivamente, nem tudo se aprende na escola por isso acredito  ser um investimento válido.



Um comentário:

  1. Muito legal, Anna Silva!! Beijos!! Audrey Kleys

    ResponderExcluir

Aguardo seus comentários.Eles são muito importantes para mim pois meu objetivo é aprofundar conhecimentos e esclarecer minhas próprias dúvidas.